[Clipping] “Luizianne foi melhor prefeita que Roberto Cláudio”, diz Eunício

Nas eleições de 2014, Eunício segura banner de Luizianne Lins, adversária de RC e candidata ao cargo de deputada federal - Foto: O Povo Online (Divulgação)

Nas eleições de 2014, Eunício segura banner de Luizianne Lins, adversária de RC e candidata ao cargo de deputada federal – Foto: O Povo Online (Divulgação)

Importante aliado de Roberto Cláudio (Pros) na campanha para Prefeitura de Fortaleza em 2012, Eunício Oliveira (PMDB) agora ensaia uma nova aproximação com a deputada federal Luizianne Lins (PT). O senador avalia a atual gestão municipal como “muito ruim” e tece elogios à petista.

“Eu tinha esperança que as coisas seriam diferentes. Eu acho, sinceramente, que Luizianne foi melhor prefeita que Roberto Cláudio. Ela é uma mulher de muito valor”, afirma Eunício.

De acordo com o senador, apesar da pouca experiência quando assumiu o primeiro mandato (2005), Luizianne conseguiu tocar a cidade de forma mais eficiente que Roberto Cláudio.

Adversários políticos nas eleições de 2012, o peemedebista não descarta apoio à ex-prefeita numa eventual candidatura ao Paço Municipal em 2016. “Vamos ver se ela fica nesse PT, não sei como é que vai ficar. Nessa questão de formação de chapa, às vezes, a gente fica até o último dia, último minuto, tentando resolver”, pondera.

Na primeira eleição municipal após a ruptura entre PMDB e os Ferreira Gomes, o senador deve mudar de lado. O amparo de Eunício pode ser significativo. Ele teve 57% dos votos válidos da Capital no segundo turno, quando concorreu ao governo do Estado no ano passado.

Mudança

Em 2012, o senador Eunício Oliveira teve participação ativa na campanha de Roberto Cláudio, até aquele momento filiado ao PSB. Para angariar votos, o peemedebista chegou a pedalar em bicicleta repleta de adesivos do candidato nas ruas da periferia da cidade. A outra ala da disputa era encabeçada por Elmano de Freitas (PT), com apoio da então prefeita Luizianne Lins.

A parceria entre PMDB e o grupo político dos Ferreira Gomes, antes no PSB e depois no Pros, se desfez dois anos depois, quando o senador decidiu se candidatar ao Palácio da Abolição. Em vez de apoiá-lo, o então governador Cid Gomes (Pros), rival político de Luizianne, lançou Camilo Santana (PT) na disputa. A ex-prefeita se negou a fazer campanha para o correligionário, mas também não declarou publicamente apoio a Eunício.

Clique aqui e leia na íntegra

Comente e participe!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s