Petistas debatem sobre os direitos da população LGBTQIA+ no Brasil

Nessa segunda-feira (28), Dia Internacional do Orgulho LGBTQIA+, a TV PT na Câmara debateu sobre os Direitos da População LGBTQIA+ no Brasil. Com a apresentação do líder da bancada do PT na Câmara, deputado Bohn Gass (RS), o programa contou com a participação da Secretária Nacional LGBT do PT, Janaina Oliveira, das deputadas Maria do Rosário (PT-RS) e Luizianne Lins (PT-CE), além da participação especial do ex-deputado Jean Wyllys.

Para Janaina Oliveira, o mês de junho tem sido central, e o Orgulho tem um diferencial que é a resistência. “Resistência ao desmonte das políticas públicas, resistência diante de um país que está desolado pelo desemprego, de um país que voltou para o mapa da fome, de um país que é o que mais mata travestis e transexuais no mundo. É um país que nega a nossa existência. Mais do que nunca esse Orgulho tem uma simbologia a mais diante de um momento que a gente vive do discurso de ódio tão forte, tão profundo que as pessoas se escondem através de seus discursos para praticar a discriminação em função da orientação sexual e ou identidade de gênero”.

Janaina reforçou que é preciso reivindicar direitos e respeito. “O orgulho é pra gente demarcar a importância desse espaço, a importância dos nossos corpos, a importância de a gente ocupar, ser ativista e se organizar. Reivindicar direitos não é privilégio, é direito, reivindicar respeito não é tolerância, é respeito. De fazer a sociedade entender que fazemos parte desse seio familiar, que também fazemos parte dessa sociedade”.

A deputada Maria do Rosário destacou que todas as pessoas que defendem os Direitos Humanos passam por um ataque contínuo, mas que nada se equipara ao ataque que as pessoas sofrem simplesmente por existirem, por serem como são e por suas identidades. “O racismo, a LGBTFobia, o machismo e todas as formas de opressão que tentam destruir a condição humana de uma pessoa por ela ser quem é e como é pela sua identidade, não pela sua opção simplesmente, a gente nem usa a palavra opção, porque sabemos que as pessoas são como são, elas são negras e negros, são indígenas, elas são pessoas LGBTQIA+, elas são mulheres. Nós somos o que somos e é preciso existir espaço civil para a garantia desses direitos”.

A parlamentar deixou claro a posição do Partido dos Trabalhadores. “O PT se posiciona contra todas as formas de violência, todas as formas de opressão”.

Avanços

A deputada Luizianne Lins falou sobre alguns avanços que a comunidade obteve, mesmo diante de um governo que promove o ódio, o preconceito e os desmontes dos direitos das pessoas LGBTQIA+. Ela destacou que o Supremo Tribunal Federal (STF) reconheceu o crime de discriminação à população LGBT, baseado na Lei do Racismo. Também lembrou sobre projetos de lei que as parlamentares do PT apresentaram ao longo dos anos.

Para a Luizianne Lins, o Congresso Nacional precisa promover e se debruçar para que seja criada uma legislação própria que contemple todas as questões relacionadas à população LGBTQIA+.

Jean

O ex-deputado e novo filiado do PT Jean Wyllys concedeu uma entrevista especial ao deputado Bohn Gass. Ele falou sobre o que o levou a deixar o Brasil, como as ameaças de morte que se dirigiam a ele, a sua família e aos seus assessores. Wyllys também destacou sobre a sua filiação ao Partido dos Trabalhadores.

Lorena Vale | PT na Câmara

Assista a íntegra do programa: https://youtu.be/DdWekUdslow

Comente e participe!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s