“Trabalho, Emprego e Renda” foi tema do 4º Encontro do Programa de Governo para Fortaleza de Luizianne

A deputada federal e pré-candidata à Prefeitura de Fortaleza pelo PT, Luizianne Lins, realizou nessa quinta (27/08) o 4º Encontro do Programa de Governo Popular e Participativo com o tema Trabalho, Emprego e Renda. “Esse é um tema importantíssimo, seminario governoprincipalmente porque, após a pandemia, vamos sair de terra arrasada em relação ao desemprego. Portanto, precisamos organizar os setores e criar frentes de trabalho com foco na economia solidária”, disse Luizianne.

Debateram o assunto o professor da Unicamp, ex-presidente da Fundação Perseu Abramo e do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), Marcio Pochmann, e Joaquim Melo, fundador do Banco Palmas em Fortaleza. Como nos encontros anteriores, a atividade contou com vídeos de representantes da economia criativa, do trabalho informal, da rede de economia solidária e do turismo.

A deputada iniciou o encontro realizando um resgate histórico da sua gestão. “Criamos mais de 220 mil empregos formais de 2006 a 2012 e os investimentos públicos praticamente quadruplicaram nesse período”, lembrou. Luizianne também deu ênfase às obras públicas que dinamizaram empregos; à criação da secretaria de Turismo e aos projetos sociais como a cozinha popular e o projeto mãos-à-obra – que realocou mulheres pedreiras no mercado.

O idealizador do Banco Palmas, Joaquim Melo, propôs a criação de um banco comunitário municipal e da moeda social, além de uma renda básica. “Temos 240 mil pessoas em situação de extrema pobreza e a renda básica, paga em moeda social, além de combater a pobreza, vai movimentar o comércio local”, disse. Joaquim defendeu ainda um programa de parceria pública cooperativa e um crédito para fomentar a produção nos bairros.

Em diálogo com Joaquim Melo, Márcio Pochmann também defendeu a criação da moeda e do crédito social para a reorganização da produção de forma descentralizada. O professor sugeriu também o reconhecimento do trabalho doméstico – a exemplo da limpeza, cozinha ou cuidado com idosos – como atividade remunerada pelo município. “A prefeitura poderia estabelecer o crédito social, que seria trocado por bens e serviços no bairro”, explicou.

Os encontros estão acontecendo todas as quintas, a partir das 19h, com transmissão nas redes sociais da Internet da deputada @luiziannelinsPT: YouTube, Facebook e Instagram. Já foram debatidas três temáticas: Saúde, Educação e Cultura.

Comente e participe!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s