ARTIGO | Homenagem à Dona Rosa (Planalto Ayrton Senna)

Com carinho, para Dona Rosa.dona rosa

” Antoin Carlos! Desce aí, vamos tomar um café e conversar meu filho!

Era assim que Dona Rosa nos recebia em sua modesta residência no Planalto Airton Senna, bairro já limitrofe com Maracanaú.

Evidente, por nenhuma frescura, mas por uma labirintite que me tirou alguns prazeres da vida, dentre eles o café, ali, eu abria sim uma enorme exceção. Não importa o arriscar de ver o mundo rodando ou não, não é tão automático, mas a o motivo era mais que nobre. Fazer uma desfeita com essa gente, que faz tudo pela nossa luta, sejam eleitorais ou não, jamais.

E assim, sentava, o cachorros se chegavam e entre uma golada pequena disfarçada de grande e outra de café, Dona Rosa começava. Primeiro com o “xingamento sagrado” ao monstro, a esse “satanás” que tá na presidência. Motivos de sobra tem o povo para tanta indignação. Mas indignação consciente como a da Dona Rosa, por vários motivos, é um artigo meio raro, a máquina de esmagar, alienar gente, tem uma força grande. E o papo continuava:

– Meu filho e isso e aquilo, como tá fulano, cicrano, nossa guerreira Luizianne, Elmano, Ronivaldo, Lana, etc, etc?
– Como vamo fazer pra tirar essa gente ruim do poder Antoin Carlos?

E assim o papo fluía, eu mais escutava que falava, aprendia que ensinava. Tava ali mesmo a resposta. Em carne e osso, em dignidade, determinação, estatura pequena (ao me abraçar, alcança minha barriga) grandeza moral, incalculável.

– Meu filho, mas vai dar certo, a gente tem é que lutar mesmo, se unir. Tem esse povo que prefere tá sofrendo sem lutar, mas vamos fazendo nossa parte, né Antoin Carlos!

Como escrever isso sem chorar? Impossível. Seu Elias, Dona Rosa e tantos outros e outras lutadoras do povo, gente muito, humilde, muito pobre materialmente. Se a minha vida fosse de um dia somente, e nesse dia tivesse conhecido e lutado com vocês, como lutamos em tantos, eu já seria o ser humano, mais feliz do mundo.

Descansa em paz Companheira, a luta continua, menos alegre, mas só lembrar do seu sorriso, já desabrocha em nós a beleza agrada das e dos lutadores que nos reenergiza para a caminhada.

Antonio Carlos (Professor  e membro do Diretório Estadual do PT-Ceará.)

Comente e participe!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s