CPMI FAKE NEWS: Luizianne denuncia depoente por falso testemunho

Em depoimento concedido no último dia 11/02, Hans River do Nascimento, ex-funcionário de empresa de disparo em massa, mentiu à CPMI das Fake News e fez ofensas misóginas a uma jornalista. Após o episódio, Luizianne, junto com outros parlamentares de oposição, entrou com um pedido de representação no Ministério Público Federal (MPF) para apuração dos fatos. Falso testemunho é crime!

No dia 12/02, por requerimento da deputada, a CPMI ouviu representantes das operadoras telefônicas Oi, TIM, Vivo e Claro sobre disparos em massa nas eleições de 2018.

Comente e participe!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s