Especial Gestão Fortaleza Bela: Meio Ambiente e Orla Marítima

img_2520

Nesse post especial, você pode conferir números e realizações da gestão Fortaleza Bela (2005-2012) na área de meio ambiente, incluindo as ações que contemplaram a orla marítima da Cidade.

Um dos principais destaques da área ambiental durante a gestão Fortaleza Bela foi a criação do Parque e da Área de Proteção Ambiental, incluindo o Plano de Manejo da Sabiaguaba.

Fiscalização e Monitoramento: essas foram áreas que receberam, por parte da Secretaria do Meio Ambiente (SEMAM), grande investimento, o que produziu resultados expressivos. Para garantir a elevação da qualidade de atenção fiscalizadora foi necessária a ampliação do quadro de fiscais. Em 2005, tínhamos 253 fiscais; em 2010, passamos para um total de 453. Isso representou um incremento de 79%, aumentando significativamente a capacidade de fiscalização do órgão.

Evolução na coleta de lixo domiciliar: no período entre 2005 e 2010, houve um aumento de 681.938 toneladas coletadas, o que representa incremento de 72,23% na coleta de lixo.

Energia limpa: a PMF desenvolveu um projeto para a construção de um biodigestor utilizando os resíduos sólidos orgânicos do Mercado São Sebastião para a geração de energia limpa.

Limpeza e Monitoramento de Lagoas, Canais e Riachos: outra ação sistemática da PMF, com retirada de resíduos, fechamentos de ligações clandestinas e desobstrução de galerias. Exemplos importantes foram a Lagoa da Ilha Dourada, no bairro Quintino Cunha; as Lagoa do Porangabussu, Maraponga, Messejana, Opaia, Itaperoaba, e o Canal do Lagamar. Essas ações representaram, entre 2005 e 2011, um investimento de mais de R$ 22 milhões.

Orla Marítima: na gestão Fortaleza Bela toda a orla de Fortaleza recebeu projetos de requalificação e revitalização.

a) Projeto Orla: uma parceria inovadora entre a Prefeitura de Fortaleza e o Governo Federal, passou a compor a área de ação integrada, desde a foz do Rio Ceará até a foz do Rio Pacoti;

b) constituição da Área de Proteção Ambiental e do Parque da Sabiaguaba;

c) os projetos Vila do Mar, Aldeia da Praia e a revitalização urbana da Praia de Iracema (20 projetos que incluiam a requalificação da orla, de edificações e de vias e passeios, o Estoril, Café Atlântico, Casa da Lusofonia, Museu do Forró, Largo do Mincharia e os 2 espigões são exemplos), da Beira Mar e da Praia do Futuro representaram exemplos concretos dos processos de planejamento e execução de uma concepção integrada da orla marítima de Fortaleza, que visava oferecer à sua população, e aos que a visitavam, o amplo e democrático acesso às suas praias.

Vila do Mar: um dos maiores projetos de revitalização urbana do Brasil, com investimento de R$ 185,8 milhões, beneficiou mais de 300 mil pessoas. Foram 5,5 Km de orla, novo calçadão, ciclovia, anfiteatro, iluminação pública, rede de drenagem, 14 quadras de esporte, 7 praças, centro de arte e ofícios, memorial, saneamento ambiental, proteção das encostas, erradicação das áreas de risco, quiosques padronizados e o mirante dos Ventos, além da construção de 1.434 novas habitações. O Projeto realizou também 1.650 melhorias habitacionais e 7.010 ações de regularização fundiária.

Prodetur: o Prodetur Nacional Fortaleza levantou investimentos de mais de R$ 300 milhões em melhorias nos principais corredores turísticos de Fortaleza. Além do Sistema Viário da Praia do Futuro, o programa previa a obra de Reordenamento Paisagístico e Urbanístico da Avenida Beira Mar e a urbanizações da Praça do Futuro (R$ 5,5 milhões), reordenamento da Aldeia da Praia (R$ 90 milhões) e da Encosta do Morro Santa Terezinha (R$ 10 milhões).

Beira Mar: o projeto, que conseguiu captar os recursos necessários para sua execução, possuia uma área de 39,3 hectares, com recuperação da atividade de banho de mar em praia limpa. Para isso, previa também a engorda da Beira Mar através de um espigão de 230 metros de comprimento e um aterro compreendido entre os trechos das Avenidas Rui Barbosa e Desembargador Moreira. Investimento total ficou orçado em R$ 204.929.305,03.

Praia do Futuro: requalificação do Sistema Viário da Praia do Futuro consistiu na execução da drenagem, terraplanagem, pavimentação de vias, ciclovia, padronização de calçadas, acessibilidade, sinalização viária, paisagismo, eletrificação e iluminação. Investimento total ficou na ordem de R$ 81.614.739,10.

Comente e participe!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s