Luizianne se soma a mobilização contra lei que criminaliza direitos contraceptivos das mulheres

A deputada federal Luizianne Lins (PT/CE) se somou às ações e mobilizações virtuais contra a Lei nº 11.159, que ataca direitos sexuais e reprodutivos das mulheres em Fortaleza. Com às tags #RevogaSarto e #NãoÀLei11159, o movimento reivindica que o prefeito de Fortaleza, José Sarto, revogue a sanção dada por ele à referida lei, de autoria do vereador Jorge Pinheiro (PSDB) e já aprovada na Câmara Municipal. Entre outras aberrações, a lei criminaliza o uso de anticoncepcionais pelas mulheres em pleno século XXI.

Luizianne afirmou, em suas redes sociais da Internet, que, para a população brasileira, estupro, violência doméstica e assédio sexual estão entre os principais problemas que as mulheres enfrentam no país. “Queremos vida e direitos! #RevogaSarto #NãoÀLei11159”. Ainda segundo ela, a 11.159 é a lei dos conservadores e negacionistas. “Não há democracia sem mulheres vivas e com direitos respeitados”.

Comente e participe!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s