#TerraIndígenaFica: Luizianne apoia movimento indígena contra o marco temporal

A deputada federal Luizianne Lins (PT/CE) manifestou mais uma vez seu apoio ao movimento dos/as indígenas brasileiros/as, que acompanham o julgamento do chamado “Marco Temporal” pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Segundo essa tese, somente poderão ser considerados terras indígenas aquelas ocupadas na data da promulgação da atual Constituição, em 5 de outubro de 1988. Os povos originários e parlamentares da bancada do PT na Câmara são totalmente contra a implementação desse marco.

Os povos originários também protestam contra a ameaça que representa o projeto de lei (PL 490/2007), que transfere para o Congresso a palavra final sobre a demarcações de terras indígenas no País. O julgamento do marco temporal pelo STF vem se arrastando há semanas e mais uma vez foi adiado na última quarta-feira, 15/09, com pedido de vista pelo ministro Alexandre de Moraes.

“O marco temporal é criminoso por considerar invasores os verdadeiros donos das terras e protetores das florestas. Todo apoio à luta dos povos indígenas”, afirmou Luizianne em suas redes sociais da Internet.

Comente e participe!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s