Luizianne defende Lei de Emergência Cultural

WhatsApp Image 2020-05-23 at 13.04.26A deputada federal Luizianne Lins está engajada na luta dos trabalhadores da arte e da cultura pela aprovação no Congresso da Lei de Emergência Cultural (Projeto de Lei nº 1075/2020). Caso seja aprovada, cerca de 5 milhões de trabalhadores terão direito a receber no mínimo 3 parcelas de R$ 600 como auxílio emergencial, podendo chegar a R$ 1.200 por família.

Durante a webconferência com pessoas e movimentos ligados à cultura no Ceará, no último dia 18/05, Luizianne ressaltou que o benefício oferecido pela Prefeitura de Fortaleza, de apenas R$ 200 em parcela única, é muito pouco diante da necessidade de pessoas que estão sem trabalhar há pelo menos dois meses.

Tanto que, em função do descontentamento dos trabalhadores da cultura com o valor proposto pela Secultfor/PMF, já há um Projeto de Indicação na Câmara de Vereadores pela ampliação do valor para R$ 600,00, além de solicitar que o subsídio perdure durante o período da pandemia, contemplando 5 mil trabalhadores.

Conceber políticas de proteção social para trabalhadores afetados pela pandemia é tarefa de todos os entes federativos! Lutamos para que a Prefeitura de Fortaleza amplie o auxílio aos trabalhadores da cultura para R$ 600”, enfatiza a deputada.

Comente e participe!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s