Fundamentalistas impedem votação da Lei Dandara

O andamento do projeto de lei 7292/2017, a Lei Dandara, de autoria da deputada federal Luizianne Lins (PT/CE), que estava na pauta da Comissão de Direitos Humanos e Minorias nesta quarta-feira (4/7), teve sua votação impedida pela bancada fundamentalista da Câmara. A Lei Dandara torna hediondo o assassinato de pessoas LGBT e foi inspirado no caso da travesti Dandara dos Santos, assassinada brutalmente em Fortaleza em fevereiro de 2017.

Acompanhe a tramitação da Lei Dandara: https://goo.gl/ibCAzv

 

IMG_9864[1]

Luizianne, ao lado de ativistas LGBT e da mãe de Dandara dos Santos, na audiência pública da CDH que discutiu a Lei Dandara em maio

Comente e participe!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s