Luizianne pede esclarecimentos sobre o Bolsa Família

Luizianne Lins foto.jpgDeputada enviou ofício ao Ministério do Desenvolvimento Agrário, diante das diferentes notícias veiculadas a respeito de mudanças no programa

Nos anos de governo petista no Brasil, o programa Bolsa Família aumentou de 3,6 milhões de pessoas beneficiadas, em 2003, para 14 milhões, em 2015. A evolução fez com que o Brasil saísse do Mapa da Fome da ONU (2014) e reduziu em 82,1% o número de pessoas subalimentadas. Além disso, o Banco Mundial recomendou o aumento dos recursos e número de famílias do programa para 2017.

Ultimamente, informações veiculadas nos meios de comunicação apontam diferentes versões a respeito do que o Governo Temer planeja para o programa. A fim de obter esclarecimentos sobre o assunto, a deputada federal Luizianne Lins (PT/CE) enviou ofício ao ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra. “Precisamos saber oficialmente as intenções do governo em relação ao programa, tendo em vista o impacto que ele tem na vida de milhões de brasileiros e brasileiras”, destaca Luizianne.

As notícias divulgadas na grande mídia apontam para um verdadeiro disse-não-disse sobre os rumos do programa, com declarações infelizes de autoridades do Governo Temer. Luizianne já havia denunciado os cortes no Sistema Único de Assistência Social (Suas), que já traz impacto na vida da população mais vulnerável. Agora, o MDA está em transição, o que traz mais apreensão sobre as possíveis restritividades no programa.

Luizianne ressalta que modelos de programas nesses moldes são aplicados em diversos países, garantindo renda de cidadania para a população mais pobre e que vive próximo à linha de miséria. “O Bolsa Família provocou maior equilíbrio e reduziu disparidades no País. É um modelo comprovadamente eficaz. Esse debate precisa ser feito no parlamento e chegar até a sociedade”, afirma.

Estudos publicados no livro “Vozes do Bolsa Família” (editora Unesp) comprovam que o Bolsa Família contribuiu para o enfraquecimento do coronelismo, principalmente no Nordeste, e rompeu a cultura da resignação, provocando verdadeiras transformações na vida de cidadãs detentoras do cartão do benefício.

 

Comente e participe!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s