José Avelino: problema antigo, que merece diálogo e ordenamento

A ocupação das ruas do Centro de Fortaleza por feirantes – o que culminou com a chamada Feira da José Avelino – teve início ainda nos anos 90*. Na gestão Luizianne, a Prefeitura de Fortaleza manteve uma postura de diálogo e ações de ordenamento. Foram trabalhadas ações negociadas, jamais foi utilizada a força da Polícia, apenas Guarda Municipal e Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania de Fortaleza (AMC) participaram das ações nas ruas, para garantir a segurança da população e dos próprios feirantes. Foram realocados feirantes em galpões no Centro. Construído o Centro de Pequenos Negócios, no lugar do antigo Beco da Poeira. Após ação do Ministério Público (MP) requerendo retirada da feira, foi assinado um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC). Foram retirados os feirantes das ruas e instituída a Feira do Viaduto, em frente ao Mercado Central – retirando feirantes das vias Alberto Nepomuceno e José Avelino. E, ainda, ordenado o tamanho das bancas e o horário e dias de funcionamento.

Isso, em paralelo a ações de valorização e revitalização daquela área da cidade, entre Centro e Praia de Iracema. Foram entregues recuperados, ganharam resignificação para a população e a cidade: Passeio Público, Mercado dos Pinhões, Anfiteatro da Beira Mar, Estoril, Palácio do Bispo, Paço Municipal. Em 2012, junto a Sport Club Maguary, Ideal Clube, Náutico Atlético Clube, Colégio Dorotéias, Santa Casa de Misericórdia, Imparh, Casa do Português, Igreja de São Pedro dos Pescadores e Farmácia Oswaldo Cruz, a Pavimentação da Rua José Avelino teve seu decreto de tombamento assinado pela então prefeita Luizianne Lins**. Isso era uma parte do projeto. Mas tem uma hora que um governo acaba e a cidade é entregue a uma próxima gestão.

É importante destacar ainda que quem governa tem por obrigação cuidar da cidade, independente da origem do problema a ser enfrentado. O que aconteceu em relação a José Avelino foi a ocupação desordenada do espaço público deixada sem qualquer atenção por cinco anos da atual gestão. Agora, o movimento foi reprimido com violência. O mandato da deputada Luizianne rechaça veementemente a ação truculenta aplicada esta semana contra feirantes da José Avelino pela atual gestão da Prefeitura de Fortaleza.

* http://migre.me/wDJ5l
** http://migre.me/wDM4G

Comente e participe!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s