Representação pede cassação de Eduardo Cunha

Post 1310 (16h)

Participamos agora de ato político no Conselho de Ética que vai protocolar representação contra o presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Ele não tem, no momento, condição moral alguma de presidir a Câmara e muito menos de conduzir um processo de impeachment contra uma presidente que não tem nada pairando sobre si. O documento, do qual nosso mandato é signatário, pedirá a abertura de processo de cassação do mandato  de Cunha por quebra de decoro parlamentar. Investigações do Ministério Público Federal revelaram que o atual presidente da Câmara é beneficiário de contas secretas abertas da Suíça e que é processado naquele país por corrupção e lavagem de dinheiro. Na CPI da Petrobras, Cunha havia afirmado que não possuía tais contas. Por ter mentido a seus pares, quebrou o decoro parlamentar.

Comente e participe!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s