“A única pessoa que tem experiência para tocar essa cidade sou eu”, disse Luizianne em primeiro dia de campanha

No primeiro dia de campanha de rua, a candidata do PT, Luizianne Lins, avaliou os resultados da pesquisa divulgada na última sexta (25/09) em que aparece em segundo lugar com 23,2% das intenções de voto. “Não deixa de ser um reconhecimento, agora é renovar os compromissos com a cidade e olhar pra frente”, disse.

A deputada demonstrou preocupação com a situação de Fortaleza no pós-pandemia, especialmente com o fim do auxílio emergencial. “Vamos ter muita dificuldade, temos um país que não se preparou nem para a pandemia, nem para o pós. Precisa ser muito bem estruturado, inclusive para recuperar os empregos”, comentou.

Para superar as dificuldades desse momento, Luizianne argumentou que só uma candidata com experiência na gestão da cidade poderá cuidar das pessoas e de Fortaleza. “A única pessoa que tem experiência para tocar essa cidade, de todos os esses candidatos, sou eu”, disse.A candidata também demonstrou confiança na participação do governador Camilo Santana na campanha. “A gente espera que esteja junto. Camilo tem sido um governador bem avaliado em Fortaleza e já vínhamos conversando muito”, reforçou.

Na arrancada da campanha de rua, Luizianne esteve no Vila do Mar, onde conversou com a comunidade e ouviu as demandas locais.

Luizianne realiza Tribuna Livre na Praça do Ferreira

tribuna livre.jpegAtividade será nesta sexta-feira (20/4) à tarde com tema #LulaLivre

A defesa da democracia e de #LulaLivre é o mote para a Tribuna que a deputada federal Luizianne Lins (PT/CE) realizará nesta sexta-feira (20/4), a partir das 15h30, na Praça do Ferreira, no Centro de Fortaleza.  Na atividade, aberta à participação de qualquer cidadão interessado, a população poderá se manifestar e gravar vídeos sobre o tema. Além disso, terão a oportunidade de escrever cartas para o ex-presidente Lula.

Luizianne tem se destacado na defesa de Lula. Ela esteve em São Bernardo do Campo, em seguida em Curitiba, no fim de semana da prisão de Lula. Posteriormente, protocolou requerimentos solicitando providências aos órgãos responsáveis em relação aos abusos cometidos contra o líder político.

Diante das distorções apresentadas pela série “O Mecanismo”, da Netflix, a deputada solicitou formalmente, aos ministérios da Defesa e dos Transportes, Portos e Aviação Civil, informações para saber qual relação foi estabelecida entre a empresa privada e as instituições federais responsáveis pelos aeroportos brasileiros. O questionamento de Luizianne é “Teria o governo Temer facilitado a divulgação da série fake?”.

Para a Comissão de Direitos Humanos da Câmara de Deputados, Luizianne enviou requerimento para que o Ministério Público de São Paulo apure crime de incitação ao homicídio do ex-presidente, diante da ameaça realizada por Oscar Maroni, proprietário da casa noturna “Bahamas Night Club”, situada em São Paulo (SP). Entre outros atos, o empresário disse: “Se o Lula for preso até meia noite, a cerveja é de graça. Agora, se matarem ele, o mês todo a cerveja é de graça!”.

Além disso, a deputada solicitou providências da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), Forças Armadas e Ministério da Defesa sobre os áudios vazados do vôo da Força Aérea Brasileira que transportou o ex-presidente Lula de São Bernardo para Curitiba. Dentre outras coisas, as falas diziam: “Manda este lixo janela abaixo aí”.

“ É muita ingenuidade – ou má fé – entender ou falar que esse processo é puramente jurídico. Ele é inteiramente político, especialmente do ponto de vista dos interesses que estão em jogo.”, disse Luizianne a respeito da perseguição a Lula.

Saiba mais sobre os requerimentos da deputada e sua fala em defesa do Lula no Blog da Lôra (https://luiziannelins.com/) e no Facebook (deputadaluiziannelins)

 

Direitos da Mulher – PL proposto por Luizianne é aprovado por unanimidade

 

luizianne-comissao

Proposição altera a Lei 10.446/2002, atribuindo expressamente à Polícia Federal competência para investigar crimes praticados pela internet que difundam conteúdo misógino

Foi aprovado por unanimidade, nesta terça-feira (08/11), na Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher, projeto de lei de autoria da deputada Luizianne que atribui expressamente à Polícia Federal competência para investigar crimes praticados por meio da Internet que difundam conteúdo discriminatório ou propaguem ódio às mulheres.

O PL 4614/2016 foi inspirado na experiência da blogueira feminista e professora Lola Arnovich, cuja página foi clonada por criminosos que passaram a difundir conteúdo que incitava o ódio a vários grupos e indivíduos. A deputada Luizianne destacou seu agradecimento à deputada Ana Perugini (PT/SP) pela “sensibilidade” no parecer apresentado.

Acompanhe o trâmite em: http://bit.ly/2e9nm1h.

Luizianne participa de encontro com Lula

Este slideshow necessita de JavaScript.

A deputada Luizianne Lins participou nesta segunda-feira (07/11) de encontro com o ex-presidente Lula. O evento, ocorrido em São Paulo, reuniu os 45 deputados e deputadas da bancada do Partido dos Trabalhadores (PT) na Câmara Federal. O foco foi o debate sobre a atual conjuntura nacional.

Na ocasião, Luizianne entregou a Lula uma Moção de Solidariedade a ele, assinada pelos participantes do Seminário de Vereadores(as) e Prefeitos(as) eleitos do PT no Ceará, que foi realizado no último sábado, em Fortaleza. O seminário foi uma promoção da deputada, do senador José Pimentel e do deputado estadual Elmano de Freitas.

Lula recebeu ainda uma publicação feita em sua defesa e homenagem, também assinada por Luizianne, Pimentel e Elmano.

 

Luizianne realiza encontro com vereadores e vereadoras do PT no CE

A deputada federal Luizianne participou, na tarde deste sábado (5/11) do Seminário com Vereadores e Vereadoras do PT, no Hotel Amuarama, em Fortaleza. O evento, uma promoção conjunta da deputada, do senador José Pimentel e do deputado estadual Elmano de Freitas, avaliou as eleições 2016, a conjuntura política e social, além de pensar ações coordenadas.

Na ocasião, Luizianne fez uma palestra abordando a PEC 55, o pré-sal e a MP 746. Análise sobre os ataques sofridos pelo Partido dos Trabalhadores (PT), a defesa do presidente Lula e formas de reação conjuntas que podem ser implementadas em prol da justiça social no País também foram debatidos.  A apresentação foi seguida de debate. Também participaram do encontro prefeitos do PT, vereadores suplentes e militantes do partido.