CPMI: “Não deixaremos que as fake news destruam nossa democracia”

imagem_cpmifakenews_paulomarinho.pngA CPMI das Fake News ouviu, nos últimos dias 10 e 11/12, o empresário Paulo Marinho – que abrigou em sua casa parte da estrutura de campanha usada por Jair Bolsonaro – e representantes de universidades, especialistas em comunicação e informação.

Convidado por requerimento da deputada Luizianne Lins (PT/CE), o professor Leonel Aguiar (PUC/RJ) alertou para o papel da imprensa no combate às notícias falsas. Durante os trabalhos, Luizianne solicitou que uma comitiva faça diligências ao STF e TSE para conhecer o andamento dos processos sobre fake news disseminadas durante a campanha eleitoral.

A parlamentar também solicitou apuração de uma denúncia que chegou à comissão, por meio de um jornalista do portal UOL, que relatou sofrer ataques virtuais, após publicar matéria contra as milícias digitais que vêm sendo denunciadas no colegiado. “Vamos investigar, vamos apurar e chegaremos aos nomes. Não deixaremos que as fake news destruam nossa democracia”, comentou Luizianne.

Comente e participe!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s